Zahar

R$ 49,90
R$ 34,90

Ficha Técnica

Lançamento: 16/2/2006
Assunto: Música
312 páginas
16x23cm
3ª edição
ISBN 9788537808733
Código: Z0999

Almanaque do samba

A história do samba, o que ouvir, o que ler, onde curtir
                
Assunto: Música

Histórias, curiosidades, pequenas biografias de diversos bambas do samba e muitas ilustrações dão o tom cadenciado ao Almanaque do samba, do historiador e amante do ritmo André Diniz. Seguindo o sucesso do Almanaque do choro, o autor faz um rico passeio pela história do samba: das raízes mestiças, passando pela bossa nova e pelas canções dos festivais, até suas incursões pelo rock e pela música eletrônica.

Com uma prosa leve e informativa, André Diniz revela como os rumos da cultura e da política nacionais se relacionam com o desenvolvimento do samba, e discute suas raízes e influências. Mais de 100 imagens e 80 boxes com informações complementares compõem um painel muito bem ilustrado nesse almanaque, que possui ainda o mérito de destacar a pluralidade e a diversidade do samba. Leitura indispensável a todos que apreciam a música popular, o livro traz ainda:
- uma discografia comentada com os discos mais relevantes de diversos compositores e intérpretes (elaborada pelo colecionador Flavio Torres)
- lista de lugares onde se pode ouvir bom samba em todo o Brasil;
- bibliografia selecionada;
- cronologia do samba.

"O samba desde os primórdios, suas relações com o lundu, o maxixe e sua evolução ao longo dos tempos, destacando perfis dos principais bambas, são apenas algumas das vertentes deste substancial Almanaque, que tem ainda vasta bibliografia e discografia. Verdadeiro manual do ramo (e suas ramificações), ele fornece o caminho das pedras para quem pretende ir ao samba - no mais amplo sentido da expressão."
Tárik de Souza

"Almanaque, explica o dicionário, é isso aí que o André Diniz fez para a gente do choro: livro que traz diversas informações úteis, poesias, trechos literários, anedotas, curiosidades etc. Agora ele retoma o mesmo delicioso caminho, abordando o universo do samba. Para quem trabalha com informação, é prato feito, farto, bem temperado."
Hermínio Bello de Carvalho

Compartilhe

Comentários

Fátima Alves Na...

Baixei o Almanaque do samba p/ Kindle e o livro é muito interessante. Embora ainda não terminado de ler, percebi dois erros q não sei dizer se são de revisão ou alguma outra interferência no arquivo p/ Kindle. Quando o autor fala sobre Império Serrano, mais precisamente sobre Roberto Ribeiro, entra um trecho falando sobre Mano Décio da Viola que está deslocado. No samba-enredo da Camisa Verde e Branco - Narainã - alvorada dos pássaros também tem um pedaço da letra que está errado. Obrigada.

26 de Março de 2013

Comentar