Zahar

Blog da editora

Os 74 anos de sucesso de “O Pequeno Príncipe”

06 de Abril de 2017

Conheço um planeta onde vive certo cavalheiro rubicundo. Ele nunca cheirou uma flor. Nunca olhou para uma estrela. Nunca amou ninguém. Nunca fez nada a não ser contas de somar. E o dia inteiro, igual a você, ele repete: “Sou um homem sério! Sou um homem sério!” e isso enche ele de orgulho. Ora, ele não é um homem, é um cogumelo.

 

 O homenzinho louro de cachecol dourado e inteligência intuitiva criado por Antoine Saint-Exupéry está no imaginário coletivo de nosso tempo. Com uma delicadeza ímpar, O Pequeno Príncipe aborda os dilemas cruciais da humanidade a partir da perspectiva de uma criança.

Com seu olhar sempre curioso e disposto a aprender, o principezinho induz o leitor a repensar as ligações entre sua infância e a vida adulta, o sentimento e a consciência, a razão e a realidade. A raposa, a rosa, os baobás e os planetas deixam de ser meros elementos do livro, tornando-se símbolos fortes e nunca inteiramente explicados, o que permite ao leitor descobrir diversas camadas da mesma história.

 

A edição da coleção Clássicos Zahar

O Pequeno Príncipe: edição bolso de luxo conta com todas as ilustrações originais desenhadas por Saint-Exupéry, cronologia de vida e obra do autor, um posfácio especial de Rodrigo Lacerda, e ótima tradução de André Telles e Rodrigo Lacerda, vencedores do Prêmio Jabuti. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.

 

 

>> Compre o livro impresso

>> Compre o e-book

   
  

  

 

>> Veja a seleção de melhores frases da obra feita pelo blog Universo dos Leitores

>> Confira o especial preparado pelo aplicativo Livros Amino