Zahar

Blog da editora

Compartilhe boas histórias no Dia das Mães

04 de Maio de 2017

Ainda não sabe o que presentear nesse Dia das Mães? Veja as nossas sugestões separadas por estilo:

>> Ela é clássica

Sua mãe é antenada e sabe que algumas coisas nunca saem de moda. Ela não resiste a uma releitura de clássicos que entraram para a história.

 

Para ela as nossas sugestões são A Bela e a Fera: edição bolso de luxo, de Mme. De Beaumont e Mme. De Villeneuve. O livro que inspirou o maior sucesso cinematográfico do ano é uma das histórias de amor mais bonitas da literatura. Essa edição traz também apresentação esclarecedora de Rodrigo Lacerda.

 Já para as mães fãs do terror indicamos Frankenstein: edição comentada. A história de Mary Shelley faz sucesso há dois séculos, e a saga do cientista Victor Frankenstein e de sua criação rendem uma leitura eletrizante.  Agora, se a sua mãe gosta de leituras densas e atemporais, então O morro dos ventos uivantes: edição comentada é a o presente ideal! Com tradução de Adriana Lisboa, a obra-prima de Emily Brontë tem, finalmente, uma edição a sua altura. A história de Catherine e Heathcliff vem acompanhada de apresentação e notas de Bruno Gambarotto.

 

>> Ela gosta de viajar pela história


 Para as fissuradas em livros de história, as nossas sugestões são: Continente selvagem, de Keith Lowe, um relato impressionante da Segunda Guerra Mundial, que reúne as consequências imediatas do fim da guerra em todo o continente europeu.  A biografia Cleópatra, de Stacy Schiff desfaz os mitos por trás de uma das mulheres mais famosas da história. E Como chegamos até aqui, de Steven Johnson, elementos da vida cotidiana como refrigeração, relógios, lentes, água potável, entre outros, são esquadrinhados de forma totalmente original, desde sua remota criação por inventores diletantes, amadores e empreendedores visionários, aos efeitos e evoluções que desencadearam.

 

>> É boa de garfo

Sua mãe é daquelas que não resiste a uma oportunidade de reunir a família em torno da mesa? Então ela vai adorar essas dicas:

Minha cozinha em Paris, de David Lebovitz, é um passeio delicioso pela cidade luz. O livro reúne crônicas e receitas imperdíveis. 

 

Com receitas gostosas e sustentáveis, A cozinha vegetariana para todos da pioneira Rose Elliot, reúne mais de 550 receitas de sopas, massas de fácil preparo, bolos, tortas, entradas, saladas. Comida saudável e deliciosa para quem é vegetariano, vegan ou simplesmente gosta de fazer pratos saborosos. E Salada para todos, da especialista em cozinha sustentável Jeanne Kelly, mostra como a combinação certa transforma a salada em uma refeição completa.

 

>> Se inspira na arte


 

Sua mãe adora ir a exposições ou está sempre procurando um jeito diferente de colocar em prática os dotes artísticos?  Isso é arte?, do editor de artes da BBC Will Gompertz,  conta a história dos movimentos, dos artistas e das obras de arte que não apenas mudaram a arte para sempre, mas ajudaram a criar e definir o mundo moderno. Em Pense como um artista Gompertz explora como adotar o processo de pensamento dos artistas pode nos levar em direções inovadoras – e revolucionar todos os aspectos da vida. Já Sarah Thornton explora o pensamento do artista em outra direção: a inspiração. Seu livro O que é um artista? parte de conversas com artistas importantes e dos bastidores de exposições para pintar um retrato íntimo dos artistas contemporâneos.


>> Ela é engajada

 Se sua mãe não perde um debate dos grandes temas contemporâneos, sugerimos essas leituras inspiradoras: Protesto, de James M. Jasper, explica os conceitos centrais e os dilemas comuns na organização e atuação dos grupos engajados, por mais diferentes que sejam as circunstâncias de cada um, e usa como referência protestos que impactaram o mundo. Drogas: as histórias que não te contaram  traz dados alarmantes sobre a guerra às drogas a partir de cinco personagens que vivenciam as diferentes fases da cadeia de produção. O livro de Ilona Szabó aponta direções possíveis para abordarmos de formas diferentes essa questão que impacta toda a sociedade.  Estranhos à nossa porta, de Zygmunt Bauman, fala sobre a abordagem dos refugiados como ‘estranhos’ nos países em que chegam, e que o medo daquilo que é desconhecido pode ser um combustível para a ascensão perigosa da extrema direita. Bauman é taxativo ao dizer que, em vez de muros, precisamos construir pontes.

>> Ela quer saber tudo sobre ser mãe

Se a mãe que você gostaria de presentear está mergulhando agora nesse universo, sugerimos Marinheira de primeira, de Olivia Bernardes, que traz informações essenciais para quem está prestes a receber um recém-nascido. Sem ditar o que é certo ou errado, o propósito maior do livro é ajudar os pais a transitar sem sobressaltos nesse novo universo, livres de qualquer culpa ou julgamento. A ciência dos bebês, de John Medina, responde a perguntas como: quando o bebê começa a desenvolver a audição e o tato? como o momento do parto pode afetar a relação entre mãe e filho? mãe ansiosa é igual a bebê ansioso? como conter um acesso de raiva de uma criança de dois anos? Já  A vida com crianças, de Lulli Milman e Julia Milman, é para ler nos momentos de sossego e consultar na hora do aperto, o livro aborda temas como os diferentes tipos de família, guarda compartilhada, castigo, bons modos à mesa, bullying e muitos outros.

Categorias: Notícias